Skip to content

Workshops em Curitiba e porque “tricotar é sexy”!!!

No ultimo fim de semana estive em Curitiba para liderar 2 workshops da série “Desenhando seu próprio Xale”.

O convite veio do Tricota Curitiba, a comunidade de tricoteiros prá lá de espetacular e que tem o dom de fazer a gente se sentir em casa.

Gosto de dizer “comunidade de tricoteiros”, porque eles celebram o tricô como artesanato e também como maneira de viver apoiando uns aos outros!

Liderados pela Índia Sarti (você consegue imaginar uma mulher guerreira e doce, linda por dentro e por fora? Sim…ela é assim!), esse grupo singular se une para realizar projetos de caridade, compartilhar conhecimento sobre o tricô e também para sediar o Congresso Brasileiro de Tricô, em abril último. Essa turminha é incansável na arte de realizar e fazê-lo com perfeição, beneficiando não somente aos tricoteiros de Curitiba como também de todo o Brasil! Obrigada, Turma!

Estou escrevendo que nem uma tiete, né?!?!  Mas…não consigo me controlar, porque quando estou em meio a essas pessoas, o mundo parece mais bonito! Desde o momento que desci do avião e encontrei o divino sorriso da Marina Albertoni, me senti bem vinda e energizada por todo o fim de semana!

Nossa primeira aula foi sobre xales triangulares e suas possibilidades. Na aula da tarde exploramos duas modelagens de xales com carreiras encurtadas.  A Maluzinha e sua “Novelo na Rede” (nossa loja online do coração!), nos prestigiou com sua presença e produtos maravilhosos! Também fomos prestigiados com a presença da Coats, representada pelas queridas Camila e Ana, com fios maravilhosos para a aula e duas cestas cheias de mimos para sorteio!

Ìndia e a turma do Tricota Curitiba organizaram a mais confortável sala do planeta para os workshops: mesas e cadeiras com espaço a vontade para nosso “equipamento tricorístico” (afinal nossas bolsas com material são pequenas, não é mesmo?!?!?!), o equilíbrio perfeito entre iluminação natural e artificial, ar condicionado na medida perfeita e equipamento de mídia completo (dois telões que projetavam as imagens geradas por um cinegrafista, um outro telão central projetando o material didático da aula e dois microfones: um “à La Madonna” pra mim (rsrs) e outro para as pessoas participarem)!!! Impecável e espetacular!

O grupo de participantes foi imensamente generoso comigo! Estavam presentes a turma do Tricota, um grupinho querido do Tricô da baixada Santista (Belzinha Colmenero, Iolanda Karaoglan, Josefa Basseto e Anita Villamarim) e duas Lindas de Porto Alegre, Lecy Nickel e Luciana Exequiel. De coração espero que elas tenham aproveitado as aulas, com a mesma intensidade e alegria que tive em compartilhar minhas investigações sobre o tricô! Mas sabe qual foi a cereja do bolo? A ajuda preciosa das divinas Yone Baba e Íris Alessi durante as aulas!

Nós começamos o dia falando sobre como o tricô impacta nossas vidas para melhor. Ainda bem que levei uma camiseta maneiríssima com a frase “Knitting is Sexy” (tricotar é sexy)! Nós rimos pra valer! E talvez porque tricotar nos alegra tanto e assim nos sentimos confortáveis do jeito que somos, tricotar pode ser mesmo sexy…prá todos nós!

Compartilho com vocês algumas fotos enviadas pelas amigas que participaram na esperança de transmitir um pouco da maravilha desse grupo especial e único!

Peace, Knit, Love,

Paula

One Comment Post a comment
  1. Que emocao!
    Realmente fazer parte do Tricota Curitiba eh uma dadiva.
    Pessoas carinhosas que se importam umas com as outras.
    Tricotar eh um estilo de vida muito alegre e reconfortante. Podemos usar uma peca legal e ter a sensacao maravilhosa do “feito por mim”. Alem de tudo ainda ter a chance de ajudar ao proximo com nossas agulhas eh a gloria.
    Receber voce Nina… nao encontro palavra que consiga descrever o sentimento. Voce eh uma querida, inteligente e de quebra uma profissional maravilhosa.

    December 3, 2012

Leave a Reply

You may use basic HTML in your comments. Your email address will not be published.

Subscribe to this comment feed via RSS